FANDOM


Campeão História e Desenvolvimento Estratégia Skins e Curiosidades
TrundleSquare.png Trundle
o Rei Troll
Gênero
Raça
Masculino ♂
Troll Gélido
Local de Nasc.
Residência
Ocupação
Facção
Freljord
Freljord
Líder dos Trolls
Praeglacius
Aliados

LissandraSquare EmptySquare EmptySquare

Rivais

AsheSquare SejuaniSquare EmptySquare


História

Trundle Render

Trundle é um troll grosseiro e desonesto com traços perniciosos. Não há nada que ele não possa espancar até a obediência e submissão à sua vontade, nem mesmo o próprio gelo. Com seu gigantesco porrete de gelo, ele congela a espinha de seus inimigos e os atravessa com estilhaços afiados de gelo. Feroz e territorial, Trundle persegue qualquer um que seja tolo o suficiente para adentrar seus domínios e gargalha conforme eles sangram pela tundra.

A tribo guerreira de Trundle foi, outrora, liderada por um chefe tolo e covarde. Sob as ordens de um líder tão fraco, Trundle temia que ele e sua espécie não passariam de presas para outras hordas de trolls espalhados pela tundra. Os confrontos, no entanto, acabaram em humilhação. Trundle fez algo que não era comum para sua espécie: em vez de recorrer aos seus punhos, ele recorreu à inteligência. Matutando com seus pés peludos, ele inventou uma história sobre os líderes trolls do passado, dizendo que eles empunhavam armamentos de grande poder como símbolos de seu direito a governar. Embora tenha acabado de inventar a história, ele sustentou que, caso encontrasse ou roubasse um armamento assim, se tornaria o líder justificado de sua tribo. Os trolls acreditavam nele, mas ninguém pensava que ele seria capaz de se comprometer a tal desafio. Sabendo que o troll orgulhoso morreria tentando, o chefe tolo aceitou e Trundle partiu ao som familiar dos risos.

Sozinho, mas destemido, ele se aventurou pelo mundo agourento da tenebrosa Lissandra Bruxa Gélida. Lá, escondido entre muitos segredos ancestrais e perigosos, ele planejava encontrar uma arma para servir de prova a sua história elaborada. Ele superou os guardas da Bruxa Gélida e também suas armadilhas de magia negra, mas nada que ele encontrou demonstraria o poder que ele descreveu à sua tribo. Enfim, ele encontrou um prêmio inesperado: um bastão mágico e gigantesco de Gelo Verdadeiro, que nunca derrete. Empunhando-o, ficou maravilhado com o poder gelado que nele existia. Foi quando a enraivecida Bruxa apareceu. Conforme ela conjurava sua magia negra, Trundle acreditava ter encontrado seu fim e ter falhado com seu povo, mas outra ideia brilhante lhe ocorreu. Com um sorriso malicioso, ele propôs um acordo à Bruxa Gélida: um exército de trolls lhe seria muito mais útil do que o cadáver de um único troll.

Quando Trundle retornou a sua tribo, seus companheiros trolls se curvaram à sua conquista. Batizando sua arma de Boneshiver, ele aguardou um momento para aproveitar do choque estampado no rosto de seu chefe antes de dominá-lo. Buscando o comando, Trundle anunciou que não haveria mais chefes - somente um Rei Troll perante a quem todos se ajoelhariam. Os trolls se reagruparam atrás de sua confiança, seu novo líder, e se prepararam para a guerra que se aproximava. Com Trundle liderando a investida, a hora dos trolls finalmente havia chegado.

TrundleSquare

"Passe a perna em todo mundo que não puder descer o porrete, e desça o porrete em todo mundo que não puder passar a perna."


Trolls nunca foram criaturas apreciadas em Valoran. De forma geral, eles são selvagens, canibais, e sorrateiros. São criaturas relegadas aos recessos sombrios do mundo, escondidos dos seres mais inteligentes. Apesar de sua natureza maligna, os Ruhgosk nunca mereceram o destino que era reservado a eles. Há muitas gerações, um maldoso necromante conhecido Hakolin, o Bonecrafter tentou aprisionar a tribo Ruhgosk. Estes trolls são mais educados que os demais, apesar de ainda serem considerados rudes pelos humanos. Os Ruhgosk enfrentaram com unhas e dentes o necromante, conseguindo expulsá-lo de sua terra. Como presente de despedida, Hakolin lançou sobre os trolls uma doença hansênica, deixando a tribo para sempre amaldiçoada. A lepra teria apodrecido suas peles até a morte, se não fosse pela capacidade natural dos trolls de se regenerarem. Ficando presos para sempre num estado de apodrecimento, os Ruhgosk enfrentaram sua maldição sempre em busca de uma cura, mas nunca a encontraram.

Um sábio xamã Ruhgosk descobriu que poderia magicamente prender toda doença em apenas um troll, se encontrasse um que pudesse aguentar o fardo de possuir a doença de toda tribo sozinho. Mas não havia um troll assim... até o nascimento de Trundle. Sua habilidade de regeneração era tamanha que ele parecia não ter a doença. Quando Trundle cresceu, compreendeu seu dom e o que poderia fazer por sua tribo. Chegando a uma certa idade, ele pegou toda maldição de sua tribo em um ritual de escaldante agonia. Após o ritual do xamã, Trundle se tornou uma criatura horrível cuja pele se desprendia do corpo para logo em seguida se regenerar em um ciclo sem fim. Ele entrou para League of Legends na esperança de encontrar alguém para acabar com a maldição de uma vez por todas.

TrundleSquare

"Eu aprendi uma coisa ou duas sobre a dor. Deixe eu lhe mostrar!"


Citações

Ao ser selecionado
"Hora de trollar!"
Atacando
"Esmagador!"
"Eu vou lhes mostrar o que é uma queimadura de gelo."
"Isso só vai doer... pra caramba!"
"Chega mais, me entretenha."
"Eles irritaram o troll errado."
"Essa noite eu estou mão de vaca."
"Porrada nunca é demais."
"Vou tirar esses sorrisos das suas caras na pancada!"
"Ninguém invade a minha cidade."
"Estão arruinando o meu bom humor!"
"Opa! Quebrei alguma coisa?"
Movimento
"Eu sou o troll com um plano."
"Hora de começar uma era do gelo."
"Eu gosto dos meus humanos com um pouco de tempeiro."
"Freljord é minha!!"
"Eu sou o troll juíz, troll júri, e execu... troll!"
"Rei dos trolls, passando."
"Eu não sou feio, mas eles estão prestes a ficar!"
"Ohohoho, eles parecem bravos!"
"Não é chefe troll, é rei troll! Rei!"
"Os trolls vão a guerra!"
Provocação
"Vou esmagar seus sonhos... Eles estão no seu crânio, certo?"
"Algum problema comigo? Junte-se ao clube!"
"Dizem por aí que eu não tenho coração, mas eu amo bater!"
Piada
"Você já viu esse treco? Tipo... bem de perto?"
"O troll com o maior porrete vira rei! Essa é a regra!"
"Calma pessoal, daqui a pouco vou descer a lenha."
Risada
Trundle ri.
Trundle ri.
Trundle ri.
Trundle ri.
Ao usar Domínio Congelado.jpg Domínio Congelado
"Isso é Espartroll!"
"Você está em meu reino agora!"
Ao usar Subjugar.jpg Subjugar
"Encolha-se!"
"Curve-se!"
"Patético!"
Ao usar Subjugar.jpg Subjugar em Garen Garen
"Trollmacia!"
Ao usar Subjugar.jpg Subjugar em Tryndamere Tryndamere
"Venha cá, princesa."
Ao usar Subjugar.jpg Subjugar em Volibear Volibear
"Filhotinho chorão!"
Ao usar Subjugar.jpg Subjugar em Ashe Ashe
"Corra, Ashe!"
Ao usar Subjugar.jpg Subjugar em Leona Leona
"Hahahaha. Luz do Sol? Sério?"
Ao usar Subjugar.jpg Subjugar em Sejuani Sejuani
"Guincho!"
Ao usar Subjugar.jpg Subjugar em Trundle Trundle Tradicional
"Quem esse cara pensa que é?"
Upon dying
"Mas eu sou o rei troll..."

Attacking
"Compartilhando a agonia!"
"Hora de trolar!"
"Hora de descer o porrete!"
"Sofra como eu sofro!"
"Esmagando e causando a dor!"
"A coisa vai ficar feia!"
Movement
"Isso não acaba nunca!"
"Troll dentro."
"A tribo está esperando!."
"Let's smash something!"
"Eu tenho amor dentro de mim, eu amo bater."
"Aah! Porcaria de farpa!!"
"Vou ser obrigado a mostrar a eles o meu lado mais feio."
Taunt
"Se quer apanhar menos de mim, porque não morre logo?"
"Derrotar o Trundle? Tá me trollando, é?"
Joke
"Quanto quer apostar que posso espancar você de uma fonte até a outra?"
"Não odeie o jogador, odeie o porrete que está esmagando a sua cara!"
Laugh
Trundle ri.
Trundle ri.
Trundle ri.
Trundle ri.

League Judgement

Candidate: Trundle
Date: 26 November, 20 CLE
OBSERVATION

A distinctly foul odor permeating the air announces the troll's arrival. The sounds of scraping nails, labored breathing, and dirty feet scrabbling across the pristine marble floors reach the Great Hall before Trundle does. He is frighteningly out of place in the halls of the Institute of War, surrounded by gleaming decor while barely discernable rags hang off his body in some semblance of modesty. He shifts his grip on a makeshift club, an unwieldy weapon that is as long as his entire body. His skin bubbles with sores and scars, sloughing off in chunks from his body. It is amazing that he still has any flesh at all.

Trundle's weary eyes pass over the Great Hall - he lingers not on the inscription above the door, or the fine statues representing Valoran's greatest craftsmanship. These material objects mean nothing to him. A mangled tongue flicks over his unshapely lips, and he reaches out to open the doors leading to the Reflecting Chamber. As if the doors themselves are afraid to come under his touch, they part before him. He shrugs, apparently used to this type of behavior, and slips inside.

REFLECTION

Trundle's eyes flew open as something sharp pricked his hand. He was surprised to find himself strapped down to a makeshift altar, surrounded by a circle of runes. The shamans of his tribe stood hunched over him, ready to begin the ceremony that would change his life forever.

This time, he felt a distinct detachment from the entire scene - a far cry from the raging wave of excitement, fear, and pride that had consumed him the first time it happened. He had been so young then, freshly wounded from the daily ritual of being bullied by the younger trolls. Looking back at his former self, he almost couldn't blame them - he had always been funny-looking, even by troll standards, and being the runt of the entire tribe didn't help the situation. Had any other smaller or uglier troll been born into the tribe, Trundle was sure that he would have redirected the bullying to the new target, and happily joined in himself.

What he distinctly remembered was the elders' whispered promises - that if he were to bear the weight of the entire tribe's curse onto himself, it would be the noblest sacrifice in the entire history of their race. They told him that he was the only one who could save them all when they beheld the innate regeneration that only he was born with. The young Trundle had gotten carried away with what they told him - he fantasized about the admiration in the eyes of those who had once ridiculed him, the adoration of his entire tribe, and the riches and comfort he would enjoy as they lauded his sacrifice.

Most importantly of all, he saw his life without all the bullying.

So he gave himself to the disease, letting it ravage his body. In many ways, it was a success - the Ruhgosks rejoiced in their newfound freedom and lavished their adoration on Trundle. But it was not to last – before long, his kin began to keep their distance from him. Seeing his open sores and diseased flesh was apparently too much for even trolls to handle, despite having been similarly afflicted mere weeks earlier.

It was during these times that he sometimes thought that being bullied was better than being alone. At least people could stand to be around him, even if it was just to make fun of him. Someone spoke, snapping him out of his reverie. "Why do you want to join the League?" Trundle turned, sitting up on the altar as the straps pinning him down disappeared. A summoner swathed in a blue robe stood behind him, towering over the troll. His face was hidden within the recesses of his cowl.

"To search for a cure for this disease," Trundle intoned wearily.

"And what if I told you that I already have your cure?"

"You're a dirty liar!"

"I've studied you, Trundle. The League knows everything about our candidates before they even pass through our doors. Your disease eats you alive, but your incredible regenerative power prevents your disease from spreading to your tribe again."

Trundle snorted. "Tell me something new. Any idiot can see the flesh tumbling from my bones and smell the stink of rot. I may be a troll, but I'm not stupid."

"True, but what you don't know, Trundle, is that you bearing the disease of your brethren will also be their downfall. While the plague that your tribe bore was debilitating, eventually their bodies came to rely on the disease. Yes, it caused them immense pain and constant disease, but it became inextricably fused with your race's inherent ability to regenerate." The summoner's tone was clinical as he spoke. "Thus, when the plague was extracted from their bodies, it took along with it their regenerative capabilities. Now their bodies do not even know how to sustain themselves."

The summoner paused. "What they did to you did not cure them. It barely even prolongs the tribe's inevitable extinction."

Trundle closed his eyes, overwhelmed.

The summoner continued on, unrelenting. "So, I ask you, Trundle of the Ruhgosk tribe, do you want the League to restore the disease to your tribe?"

The images flashed unbidden before his eyes - his tribe once again plagued by the debiliating disease, all equally humbled by their affliction. He imagined telling them how this sacrifice saved them all from a potentially worse fate, and his tribe finally seeing him for the savior that he was.

And suddenly, the sting of naiveté that caused him to make this same choice before shattered his train of thought. His decision to bear the burden of disease never changed the fact that he was the runt. Nothing he ever did would change that.

A crooked smile snaked across his misshapen face. "Let them suffer. I'll keep what they so generously gave me."

"So it shall be. Then I will ask you again – why do you want to join the League, if not for a cure?"

"It seems this is the 'cure' I was looking for after all."

"How does it feel, exposing your mind?"

Trundle thought for a long moment. "For once, it felt like I wasn’t alone anymore. Thank you for that."

The summoner nodded and disappeared. Trundle stood alone in a long corridor, with a trail of dirt and peeled skin marking the way he had entered. He shrugged, triggering another avalanche of shed flesh, and strode forward into the League of Legends.

Respostas do Co-op vs. AI

Match start

  • "Eu tomei até banho para esta luta!"

Player team victory

  • "GG!"

Player team defeat

  • "Don't start trollin me, please."

Desenvolvimento

  • O design de Trundle foi feito por Geeves.

Champion Sneak Peek

Announcement made in the sneak peak by ByronicHero:

Trundle conceito

Conceito de Trundle

Champions in the League of Legends come in all shapes and sizes. Whether you're a fan of huge, hulking, stone giants; sinister, lithe femme fatales; awesome, mighty warriors; or aberrant, horrific creatures, we try to represent them all under one roof. And while we're on the subject of aberrant, horrific creatures, allow me to give you a glimpse of our next champion. Meet Trundle, the Cursed Troll. He's hideous, and very possibly diseased, so he wanted me to let you know that you shouldn't judge a book by its cover. Unless, of course, that cover is snarling and wielding a club. Then you might be onto something.[1]


Upgrade Visual: Trundle, o Troll Amaldiçoado

Post feito por Jigu:[2]

Trundle Dança

O que é isso...? Isso é... um troll?

O que um troll está fazendo em Freljord? A gente está... trollando vocês?

Em uma nota mais séria, alguns de vocës provavelmente chutarão que se há um troll e ele está com uma clava... é o Trundle! Então quisermos te dar um gostinho do que está por vir, especificamente o relançamento de Trundle e sua reimaginação do norte gelado.

Enquanto o Trundle antigo certamente tinha narrativa e design visual únicos, sempre achamos que ele estava desconectado do resto do mundo. Isto inibiu a quantidade de histórias que poderíamos contar com Trundle e, bem, queremos contar histórias sobre ele. As mudanças vindouras de Trundle incluem uma atualização da mecânica de jogo (está mais para uma melhoria de qualidade do que um retrabalho - similar em escopo às mudanças que fizermos em Taric na atualização 3.03, uma nova estética com temática de gelo (como se vocês já não tivessem sacado) e uma nova história que liga Trundle ao conflito crescente em Freljord.

Fique ligado nas próximas semanas, pois temos planos para Trundle - sem contar que Trundle tem seus próprios planos!

Você terá que esperar para saber mais, mas aqui vai algo para você. Assim como no relançamento de Karma, qualquer jogador que tiver Trundle antes de seu relançamento receberá, gratuitamente, esta skin Trundle Tradicional (isso soa bem):

Patch history

V3.8:

V3.6: Rework

  • Decompose Decompose
  • Rabid Bite Rabid Bite
    • Renamed Chomp Chomp
    • Damage adjusted to 20 / 40 / 60 / 80 / 100 (+100 / 105 / 110 / 115 / 120% attack damage) from 30 / 45 / 60 / 75 / 90 (+80 / 90 / 100 / 110 / 120% attack damage).
    • Now slows target by 75% for 0.1 seconds on hit.
    • Animation speed scales with Trundle's attack speed.
  • Contaminate Contaminate
    • Renamed Frozen Domain Frozen Domain
    • Attack speed bonus increased to 20 / 35 / 50 / 65 / 80% from 20 / 30 / 40 / 50 / 60%.
    • Now grants 8 / 11 / 14 / 17 / 20% increased healing to Trundle.
    • No longer grants tenacity.
  • Pillar of Filth Pillar of Filth
  • Agony Agony
    • Renamed Subjugate Subjugate
    • Initial damage and drain over time changed to 10 / 11 / 12 (+1 per 100 AP)% max health damage from 100 / 175 / 250 (+60% AP).
    • Initial armor and magic resist steal and drain over time adjusted to 20% from 15 / 20 / 25%.
    • Drain over time effect now applies over 4 seconds and keeps the stats for another 4 seconds afterwards instead of draining over 6 seconds.

V3.5:

V1.0.0.150:

V1.0.0.131:

V1.0.0.129:

  • Contaminate Contaminate
    • Now additionally reduces the effect of silences and blinds, but no longer allow him to walk through persistent slowing fields such as Void Ooze Void Ooze de Kog'Maw Kog'Maw when stacked with other disable duration reductions (ie: Tenacity).

V1.0.0.123:

V1.0.0.118:

V1.0.0.116:

V1.0.0.106: Added. (Original Stats)

  • Decompose Decompose (Innate)
    • Whenever an enemy unit near Trundle dies, he heals for a percentage of their maximum health.
  • Rabid Bite Rabid Bite (Q)
    • Trundle bites his opponent, dealing damage and sapping some of their attack damage.
  • Contaminate Contaminate (W)
    • Trundle infects a target location with his curse, gaining attack speed, movement speed, and crowd control reduction while on it.
  • Pillar of Filth Pillar of Filth (E)
    • Trundle creates a plagued beacon at a target location, which becomes impassable terrain and slows all nearby enemy units.
  • Agony Agony (Ultimate)
    • Trundle immediately steals his target's health and a percentage of their armor and magic resistance. Over the next six seconds the amount of health, armor, and magic resistance stolen is doubled.


Referências

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória