FANDOM


Campeão História e Desenvolvimento Estratégia Skins e Curiosidades
DianaSquare.png Diana
Escárnio da Lua
Gênero
Raça
Feminino ♀
Humana
Local de Nasc.
Mount Targon
Aliados

EmptySquare.png EmptySquare.png EmptySquare.png

Rivais

LeonaSquare.png EmptySquare.png EmptySquare.png


Diana Render.png
Diana, um avatar obstinado do poder lunar, segue uma cruzada obscura contra os Solari, adoradores do sol. Embora ela tenha antes buscado a aceitação de seu povo, anos de esforços fúteis a moldaram em uma guerreira amargurada e ressentida. Agora ela se apresenta a seus inimigos com um terrível ultimato: reverenciem a luz da lua ou morram no fio da espada de forma crescente. Apesar de ter nascido uma Solari, sua natureza inquisitiva a afastou de sua confraria. Diana sempre encontrou conforto e orientação no céu noturno, passando a questionar o domínio do sol em sua sociedade. Os anciões Solari responderam a seus desafios somente com escárnio e punição. Diana, no entanto, permaneceu convencida de que, caso encontrasse evidências do poder da lua, os anciões dariam ouvidos à razão. Por muitos anos ela estudou os registros Solari em completa solidão, até descobrir uma mensagem codificada escondida em um velho tomo. Esta pista a levou até o vale isolado do Monte Targon, onde ela descobriu uma entrada secreta para um templo antigo e protegido. Lá dentro, em meio a relíquias envelhecidas e murais gastos, ela encontrou um traje de armadura ornamentado e uma belíssima espada em forma de crescente - ambas com inscrições de sigís da lua. Diana empunhou os armamentos e, naquela noite, retornou aos anciões de Solari, declarando que aqueles artefatos eram a prova de que outros já adoraram a lua assim como ela a adorava. Ficou horrorizada ao perceber que sua descoberta os ultrajou, fazendo com que eles condenassem-na à morte. Conforme os anciões se preparavam para sua execução, Diana sentiu o desespero e o pesar se apossarem de seu desejo por aceitação. Levantando os próprios olhos para o céu ela pediu à lua por força e foi atendida com um surto de força inigualável. Libertou-se das amarras, ergueu a espada-relíquia e matou os anciões. Agora, movida por uma perversa convicção, Diana se prontificou a destruir todos aqueles que negarem o poder lunar.

DianaSquare.png

"O sol não revela a verdade. Sua luz apenas queima e cega."

Falas

Atacando
"Isto é necessário."
"Servos boçais!"
"Faça o sol se por."
"Não me sobra outra escolha."
"Nunca mais negue a mim."
"Cega para a verdade."
"Chega de mentiras."
Movimento
"A escolhida da lua."
"Eles não escutariam."
"Eu serei ouvida."
"O crepúsculo se aproxima."
"Jamais siga a luz falsa."
"Não vou voltar atrás."
"A lua também nasce."
"Meus olhos estão abertos."
"Eu falo somente a verdade."
"Eles não me quebrariam."
"Envolva a noite."
Piada
"Um homem, uma mulher e um yordle caminham sob o sol. Eles morrem. E o sol os queima vivos."
"Toc, toc... quem bate? A lua. Ela está longe. Você esteve sozinho o tempo todo!"
Provocação
"Quem me chamou de herege... agora está morto!"
"A lua vai se erguer... e a noite será eterna."
Utilizando Colapso Minguante
"O cair da noite!"
"Crepúsculo!"
"A luz se esvai."
"Se aproxima a noite."


Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória